Justiça


JUSTIÇA FEITA! Acusado de matar jornalista a facadas e pedradas é condenado a quase 18 anos de prisão


Data: 20/10/2018

Nesta sexta-feira (19), o homem suspeito de matar a jornalista Daniela Bispo, no prédio onde a vítima trabalhava, em Salvador, foi condenado por juri popular, a a 17 anos, 10 meses e 15 dias em regime inicialmente fechado. O julgamento de Mateus William Oliveira Alecrim Dourado de Araújo, que ocorreu no Fórum Ruy Barbosa, na capital, teve início pela manhã e só foi concluído no início da noite. As informações são do G1.

Daniela foi morta na noite do dia 13 de novembro de 2017. Ela foi encontrada com marcas de espancamento e perfurações causadas por uma faca. Mateus foi preso no mesmo dia em que o corpo de Daniela foi achado e confessou o crime.

Segundo o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Mateus foi condenado nesta sexta por homicídio qualificado: motivo torpe, recurso que tornou impossível a defesa da vítima e meio cruel. Ainda de acordo com o órgão, o juri afastou a qualificadora do femínicidio.

Fonte: Site radardabahia.com.br