Saúde


Erro de embalagem leva à suspensão de medicamentos


Data: 08/03/2018

Por decisão da autoridade responsável que tomou medida certa suspendeu os medicamentos que que seguem discriminados, porém apenas por embalagem em frascos errados, para correção foi necessário suspender os lotes de fabricação, veja o que o site noticias ao minuto fala e apresenta sobre este assunto.

“Erro de embalagem leva à suspensão de medicamentos

Anvisa suspendeu lotes dos medicamentos Ípsilon, Sinot e Furosemida. Os produtos tiveram lotes recolhidos por conta de problemas na embalagem, que poderiam levar a erro no tratamento, mas são autorizados pela agência de vigilância sanitária. As suspensões foram publicadas na terça-feira (6).

Ípsilon

Fabricado pela empresa Zydus Nikkho Farmacêutica Ltda, o medicamento Ípsilon solução injetável teve o lote 6112323, com validade até 11/2018, suspenso por erro na embalagem. Frascos do Ipsilon 4g foram embalados em cartuchos do medicamento Ipsilon 1g.

A decisão foi publicada na RE Nº 536, de 2 de março de 2018.

Sinot

Suspenso o lote 514165 dos medicamentos Sinot e Sinot Clav, fabricados em 07/2017, com vencimento em 07/2019. Algumas unidades do Sinot Clav (amoxicilina tri-hidratada + clavulanato de potássio) 70 mL podem ter sido embaladas como Sinot (amoxicilina tri-hidratada). A empresa fabricante Eurofarma Laboratórios S.A comunicou o recolhimento voluntário.

A decisão foi publicada na RE Nº 540, de 2 de março de 2018

Furosemida

O lote 20200417 do Furosemida foi suspenso por apresentar resultado insatisfatório na análise de rótulo. O medicamento é fabricado pela empresa Santisa Laboratório Farmacêutico S.A.

A decisão foi publicada na RE Nº 538, de 2 de março de 2018”